top of page

Não podemos nos calar!

O advogado trabalhista, André Passos, especializado na defesa de trabalhadores e ex-vereador pelo PT de Curitiba, se manifesta contrário à arbitrariedade cometida esta manhã pela Polícia Federal (PF) no cumprimento de mandados impetrados pelo juiz Sérgio Moro de condução coercitiva contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Lula, figura conhecida e com residência fixa, foi tratado como fugitivo e prisioneiro ao ser conduzido para prestar depoimento em uma unidade da PF no aeroporto de Congonhas-SP. Situação no mínimo inusitada, estranha e arbitrária.

André Passos destaca que ninguém está acima da Justiça, mas que a Justiça existe para proteger a todos igualmente e lembra que Lula foi o presidente, filho das classes operárias do País, que mais trabalhou para combater as desigualdades históricas e comparou o arbítrio cometido neste março de 2016 com os desmandos do golpe militar de março de 1964.

Para ele, a violência praticada hoje contra Lula, uma vez consentida pelo silêncio, servirá de uma espécie de salvo-conduto para arbitrariedades contra toda e qualquer pessoa, pois atenta contra o estado democrático de direito no Brasil.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

AS MULHERES NA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Você será prejudicada se for aprovada a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 06/2019 que mudará as regras da aposentadoria? A advogada da área previdenciária Ana Letícia de Vasconcellos avalia como

O DEFICIT DA PREVIDÊNCIA É REAL?

No quarto vídeo da série “Diálogos sobre a Reforma da Previdência”, o Prof. Marco Aurélio Serau Junior e e advogada Ana Letícia Maciel de Vasconcellos falam sobre o DÉFICIT DA PREVIDÊNCIA. A produção

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: COMO FICA A PENSÃO POR MORTE

No terceiro vídeo da série “Diálogos sobre a Reforma da Previdência”, o Prof. Marco Aurélio Serau Junior e e advogada Ana Letícia Maciel de Vasconcellos esclarecem sobre as alterações quanto a PENSÃO

תגובות


bottom of page