top of page

Extinção do MT é desrespeito ao trabalhador

Após 88 anos de existência, o Ministério do Trabalho deverá ser extinto, foi o que confirmou hoje o Presidente eleito Jair Bolsonaro. Para o advogado trabalhista André Passos, a extinção do Ministério do Trabalho “é uma demonstração clara da falta de compromisso social e com políticas de desenvolvimento humano”. Criado em 1930 com o objetivo de gerir a política de trabalho e renda, regulamentando e fiscalizando todos os aspectos referentes às relações de trabalho no Brasil, a extinção deste órgão representa um grande retrocesso: “A maior chaga social do Brasil hoje é o desemprego e a diminuição de renda do trabalhador. Não ter uma política pública específica para pensar as relações de trabalho no Brasil é um desrespeito flagrante e demonstra que o trabalhador brasileiro não é prioridade para o governo Bolsonaro”, completou André Passos. Com a extinção do MT todo o sistema de proteção social e de direitos dos trabalhadores é colocado em sério risco.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page