top of page

28 de agosto é o Dia dos Bancários. Saiba mais sobre a greve histórica que deu origem à data

No dia 28 de agosto de 1951, o Sindicato dos Bancários de São Paulo decidiu ir à greve para lutar por seus direitos, após uma assembléia histórica. Na época, os profissionais pediam 40% de melhoria salarial e melhores condições de trabalho, mas receberam uma proposta de reajuste salarial insignificante por parte do governo. O movimento foi boicotado pela imprensa e duramente reprimido pela polícia. O Dops, Departamento de Ordem Política e Social, prendia e espancava os bancários grevistas. Vários sindicatos no Brasil aderiram à greve mas acabaram aceitando as propostas do governo, que estavam bem abaixo da média solicitada pelos bancários. Em São Paulo, os trabalhadores continuaram resistindo.

A paralisação e resistência durou 69 dias. 

A decisão coube à Justiça e a categoria conquistou 31% de reajuste salarial! Foi uma grande vitória para a classe, mesmo sofrendo perseguição e represálias após a greve. A insistência e força dos bancários em 1951 se tornou um exemplo para toda a classe! Por esse grande exemplo de luta e resistência, o dia 28 de agosto é lembrado como o Dia dos Bancários em todo o Brasil.

Parabenizamos todos os bancários e bancárias do Brasil!

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page